Cidade de São Paulo - Artigo Automático

terra da garoa

São Paulo é uma cidade de números. São mais de 12 milhões de habitantes (IBGE, 2016), que disputam espaço com 14,9 milhões de turistas por ano (OTE e FIPE, 2010). São 1.521 km” (IBGE, 2016), onde estão distribuídos muitos lugares interessantes para conhecer, restaurantes para provar diferentes gastronomias, shoppings e centros diversos para diferentes tipos de compras.1

Falando em números, aqui estão alguns sobre o que os turistas e paulistanos podem encontrar na cidade: · 320 hotéis (com 44.000 apartamentos); · 63 hostels; · 314 salas de movie theater; · 138 teatros; · 115 espaços culturais; · 150 bibliotecas; · 158 museus; · 333 centros de esporte e lazer; · 11 estádios de futebol; · 109 parques e áreas verdes; · 20 mil restaurantes; · 30 mil exposes; · 53 shopping malls; · 33 mil táxis.2

A cada ano, a cidade se supera e conquista mais alguma marca, de alguma revista influente ou consultoria internacional. Alguns dos últimos títulos que a cidade recebeu são: · 5º melhor destino brasileiro (Journey Consultant– 2016); · Principal destino da América do Sul até 2017 (Worldwide Destination Cities Index, 2016); · A cidade que mais recebe eventos internacionais no Brasil (ICCA– International Congress as well as Convention Organization); · 11º melhor restaurante do mundo (D.O.M.3

No dia 25, quando a capital paulista completa 465 anos, sua população é estimada em 11.786.630 habitantes Por ocasião do aniversário da cidade de São Paulo, a Fundação Seade elaborou uma seleção de informações que revelam que o tamanho e a heterogeneidade do município se explicitam não apenas na dimensão e diversidade de sua economia, mas também em diferenças observadas em suas distintas regiões, expressas, por exemplo, no tamanho e ritmo de crescimento das populações, nos perfis etários e nas taxas de desemprego.4

Se fosse um Estado brasileiro, São Paulo seria superado apenas pelo próprio Estado de São Paulo, por Minas Gerais, Rio de Janeiro e Bahia, tendo população equivalente às do Paraná e de Santa Catarina. Sua população é próxima à de países como Bolívia e Cuba, na América do Sul e Caribe; Grécia e Bélgica, na Europa; e Tunísia, na África.5

A distribuição da população paulistana em seus 96 distritos é bastante heterogênea. A diferença entre o menor distrito em termos populacionais, Marsilac (8.398 habitantes), e o maior, Grajaú (387.148 habitantes), é de 46 vezes. As projeções populacionais para os distritos em 2019 revelam importante processo de envelhecimento no município de São Paulo.6

Nos distritos da Consolação, Alto de Pinheiros e Jardim Paulista, há mais de duas pessoas idosas para cada uma com menos de 15 anos. Já nos distritos mais periféricos, como Anhanguera, Jardim Ângela e Parelheiros, essa relação é inferior a 40%. Se fosse Estado, o município de São Paulo seria a segunda economia do país, atrás apenas do Estado de São Paulo.7

A capital responde por 34% do PIB estadual. Apesar de a indústria ter pouco peso em seu PIB, o município ainda concentra 17% dessa atividade no Estado. O setor de serviços é predominante e responde por quase 89% da sua riqueza. Na média do Estado essa participação é de 77%.8

As taxas de desemprego nas distintas regiões da cidade acusam grande diferença entre as áreas mais centrais e as mais periféricas. A região Oeste apresenta a menor taxa (10,6%), enquanto as zonas Leste 2, Norte 2 e Sul 2, taxas acima de 17%. Essas regiões mais periféricas da cidade são as que abrigam populações mais jovens.9

A cidade de São Paulo completa 464 anos em 2018 e é dos locais preferidos para morar, não é à toa que sua população atual já ultrapassa a marca de 12,04 milhões, figurando entre as 7 cidades mais populosas do planeta. É também o centro financeiro da América do Sul.10

Conta com importantes monumentos, parques e museus, como o, o, o, o, o, o e a, além de eventos de grande repercussão, como a, o, a e a. São números e mais números que tentam mensurar quão grande e diversa é São Paulo, o que a torna um universo gigante a ser explorado.11

Confira: Bolsa de Valores de São Paulo O PIB de São Paulo representa, isoladamente, 10,7% de todo o PIB brasileiro e 36% de toda a produção de bens e serviços do estado de São Paulo, sendo sede de 63% das multinacionais estabelecidas no Brasil, além de ter sido responsável por 28% de toda a produção científica nacional e por mais de 40% das patentes produzidas no país.12

São Paulo também concentra muitos dos edifícios mais altos do Brasil, como os edifícios Mirante do Vale, Itália, Altino Arantes, a Torre Norte, entre outros. As cidades do Nordeste são as que mais recebem turistas no Brasil, correto? Errado! É São Paulo o maior destino turístico brasileiro, com quase 13 milhões de turistas por ano.

Ir para postagem Paulista.

 

Entre em contato com o Altair e dê mais detalhes sobre o seu projeto de pinturas